8 de agosto de 2010

RPG da França, Les Ombres d'Esteren

[postagem atualizada em dezembro de 2011]

A partir do blog do Iso, um português fluente em françês - scriiipt.com - tenho acompanhado com certa curiosidade um RPG produzido na França, o Les Ombres d'Esteren, algo como As Sombras de Esteren, pelo que consegui de tradução.

Acreditei que fosse um projeto apenas digital de um grupo de amigos (www.ombresdesteren.blogspot.com), mas o belo blog dá maiores informações sobre as etapas de produção. Além do blog mostrando o caminho do trabalho, o projeto tem domínio próprio: www.esteren.org que informa os locais digitais.

O que de início me chamou a atenção foi a bela arte do blog e das fichas dos personagens apresentados, além de parecer usar um sistema simples com dado de 10 lados, do jeito que gosto e defendo. São 290 páginas ricamente ilustradas com previsão de lançamento para setembro de 2010.

A ambientação é fantasia medieval fantástica (médiéval fantastique), o que costumamos chamar no Brasil de fantasia medieval. Será de baixa magia (“low fantasy”) com toques de terror e do gótico, ambiente criado e inspirado na Europa medieval.

Há música produzida para um álbum musical com o nome do jogo, pelo que pude entender nos sites. Também há um jogo eletrônico do tipo “aponte e click”, como Monkey Island da LucasArts e outras referências francesas como o jogo Les voyageurs du temps da Delphine Software, empresa francesa.

As inspirações para o ambiente do jogo devem agradar jogadores de RPG de qualquer lugar, ou JDR traduzido para o francês e termo amplamente utilizado - jeu de rôle: a violência e romantismo do filme Coração Valente (Braveheart), de Mel Gibson, o clima sombrio dos filmes de Tim Burton, principalmente de O Cavaleiro sem Cabeça (Sleepy Hollow), Nausicaä do Vale do Vento e Princesa Mononoke de Hayao Miyazaki e o mangá Berserk de Kentaro Miura. Há outras inspirações como o filme Cidade das Sombras (Dark City), a saga eletrônica Final Fantasy, os escritores Lovecraft, Graham Masterton, Anne Radcliffe, Bram Stoker e Mary Shelley.

Os autores situam Les Ombres d’Esteren em algum ponto entre os jogos/ambientações Warhammer, Ravenloft e O Chamado de Cthulhu. Aqui um breve FAQ (perguntas mais frequentes):

O cronograma dos lançamentos, inclusive com escudo do mestre (écran du meneur):

Gilson




7 comentários:

SCRiiiPT disse...

Grande parte Gilson. A tradução é boa. Como eu disse no Facebook e outros, fazer uma ponte entre Brasil e França ... !
Até logo.

Gilson disse...

Com certeza, Iso!

Gilson

Leandro Pugliesi disse...

Meu, é a segunda vez que me surpreendo com um Sistema + Cenário inovador vindo da França.

O Primeiro é o Qin the Warring States, que eu recomendo! É um sistema maravilhosamente fácil e combina totalmente com o cenário oriental. Sem contar a arte que é magnífica.

Abraços

John Bogéa disse...

Que foda, muito bom.

Daniel Coimbra disse...

Magnifique, mon ami !

Aqui no Macapá, a interação com o idioma é forte, por conta da fronteira.

: )

Não posso deixar de comentar algo fora do post, mas très joli pro nosso jogo:

http://www.moonshadows.com.br/blog/?p=641

Gilson disse...

Citações na Europa:
http://scriiipt.com/2010/08/les-ombres-desteren-chroniquees-sur-rpg-para/

Gilson

Gilson disse...

Citações na Europa:

http://scriiipt.com/2010/08/les-ombres-desteren-chroniquees-sur-rpg-para/

Gilson

Postar um comentário