30 de agosto de 2010

Acabou? Compre ali na esquina!

Para descontrair do estresse que é organizar eventos, deixo aqui um pensamento aleatório: procurando pela internet um exemplar do RPG Paranóia, me deparei com um produto à venda em conhecida loja de departamentos. Aqui em Macapá ainda não tem, mas cansei de roubar bombons na que ainda existe em Belém:


Aí vem o questionamento: será que um dia teremos livros e acessórios para RPG vendidos ali na loja da esquina? Ficará nosso passatempo tão popular assim?

: )


6 comentários:

Gilson disse...

Quem sabe nas bancas com muita frequência*!

Gilson

*agora sem trema

Michael Wevanne disse...

apesar do barulho que estao fazendo, as caixas de dungeons & dragons essentials possuem um bom formato para facilitar sua venda em lojas de departamentos.

podendo ser vendidos como war, risk, monopoly, banco imobiliario, etc.

John Bogéa disse...

O formato é bom, mas como vem em caixa, vai deixar de ser isento de imposto (provavelmente a alfandega vai achar que é brinquedo/jogo de tabuleiro e não vai isentar de imposto como acontece nos livros)Provavelmente não vamos ver o Essentials nas lojas, e se ver, vai ser bem carinho.

Daniel Coimbra disse...

O pessoal dos videogames estão com tudo para diminuir o imposto. Quem sabe, em essa lei passando, a galera de board games e afins consiga algo no mesmo sentido.

: )

Gilson disse...

Verdade, Daniel!

Gilson

Michael Wevanne disse...

eh... se pegar o vacuo dos gamers, ficamos no lucro.

isso ou comprar importado (pagando imposto ao preço dos olhos da cara) ou esperar a devir traduzir (ateh a proxima era glacial talvez saia, quem sabe?).

Postar um comentário