25 de julho de 2010

Romance de Clã: Toreador (Comentários)


Salve povo!

Recentemente terminei de ler o livro Romance de Clã: Toreador (por Stewart Wieck), que é o primeiro de um conjunto de 13 livros de uma saga épica entitulada Clan Novel ambientada no jogo Vampiro: A Máscara.

Apesar deste livro ser antigo - foi lançado pela White Wolf em 1999 e traduzido e publicado no Brasil pela Devir - eu fiquei com vontade de comentar sobre ele aqui no RPG Pará.

Primeiro, devo dizer que o livro para mim foi, como diria meu amigo Paulo "Jack" Daniel, divertido, apesar de já ter lido comentários negativos em algumas home pages.

Não! Não estou dizendo que o livro é tudo de bom. Mas concerteza para comigo ele cumpriu o seu papel de lazer e entretenimento. Portanto, perante este relato, vou tecer meus comentários sobre o livro.

O livro Romance de Clã: Toreador faz juz ao seu título, inicia a apresentação de seus dois principais personagens vampíricos. Primeiro sobre Leopold, um típico Toreador voltado às artes e seus conflitos existenciais. Em seguida sobre Victoria Ash, uma Toreador não menos dedicada às artes mas com um forte desejo por poder e ascenção na Camarilla.

Outros personagens Toreador e de outros clãs também são apresentados no decorrer da trama, mas a descrição dos eventos são em sua maioria feitas por esses dois personagens vampíricos residentes na cidade de Atlanta - EUA.

Por explorar os conflitos e desejos desses dois protagonistadas, o início do livro é um pouco lento, mas é o momento onde melhor é abordada as características do clã Toreador.

A partir da metade do livro o foco sobre os Toreador é reduzida para então ser relatado um grande encontro com os Membros da Cidade de Atlânta em um Elisyum. Os eventos descritos neste encontro, principalmente pelos protagonistas Toreador, são a exemplificação perfeita do que mais idealizo sobre a guerra de poder e interesses entre os Clãs da Camarilla.

O final é no mínimo surpreendente e deveras caótico. Fiquei tão empolgado que já consegui emprestado do meu amigo o segundo livro da saga, Romance de Clã: Tzimisce.

Portanto, para finalizar, devo dizer que o Romance de Clã: Toreador é um livro interessante e empolgante. Para os fãs do jogo Vampiro: A Máscara, eu considero esse livro uma leitura inspiradora.

Até os próximos comentários!

5 comentários:

Michael Wevanne disse...

assim que comecei a ler "romance de clan: assamita" achei que era uma trama que tu ia curtir, ragabash!

eh bem a visao que tu me contou sobre como gosta de mestrar no (velho) mundo das trevas.

Daniel Coimbra disse...

Nunca li um romance de clã, apenas pedaços de um que nem me recordo mais, talvez o do Ventrue.

Os mega-plots do OWoD me enchem, mas algumas tramas locais são formidáveis.

Curiosidade: sabiam que, aqui no Brasil, o Livro de Nod ainda vende mais que Ritos do Dragão?

: )

BRUNO disse...

Só faltava contar o final. rsrsrsrs

eu achei essa série um pouco fraca. Mas o livro dos setitas até que é razoável

Bruno Benassuly

Diego Genu Klautau disse...

Raga, estou lendo o toreador.
Acho que vou comprar todos, para saber como acaba o velho mundo das trevas.
Abs

Rodrigo "Ragabash" disse...

Salve Diego!
Estou lendo agora o Clã Novel: Gangrel.
Até o momento tem sido o melhor dos três que eu li.
Acho que você também irá gostar. :o)

Postar um comentário