9 de abril de 2010

RPG Vampiro, abordagem Crepúsculo. Novos jogadores/as


O tema vampiro vem seduzindo o imaginário desde a publicação de Drácula, em 1897, e nos jogos de RPG desde a década de 90 com a publicação de Vampiro: a Máscara. Os anos passam, as novas gerações chegam e o no novo milênio, em 2005, é publicado Crespúsculo (‘Twilight’ no original).

Apontado como romance adolescente, a saga Crepúsculo é uma das mais populares publicações recentes entre os jovens (provavelmente a mais popular) que cresceram e terminaram de ler a saga do jovem bruxo Harry Potter. Não por acaso ambos tornaram-se grandes bilheterias nos cinemas, bilheterias no sentido de arrecadação.

Em minhas pesquisas com jovens que jogam RPG, comecei a registrar o contato com o RPG Vampiro: O Réquiem por causa dos vários livros da saga Crepúsculo, onde jovens narradores apresentaram o RPG para novos jogadores, na maioria jovens jogadoras que são leitoras da saga dos vampiros da autora Stephenie Meyer.

Os relatos foram curiosos, como “quero ser transformada por um vampiro bonitão” ou ainda “agora que sou vampira aquele gatinho vai ser meu”. Frases que devem causar convulsão no mais xiita fã de Vampiro da editora White Wolf.

A saga Crepúsculo não é bem vista por outras faixas etárias, mas está sendo uma forma de apresentar para novos jogadores e jogadoras o universo do RPG. Com o passar do tempo atualizarei esta e outras informações conforme o avanço de meu trabalho.

Gilson

11 comentários:

Diego Genu Klautau disse...

Salve Gilson.
Estou acompanhando seus posts.

Gilson disse...

Valeu, Diego! Eu presto bastante atenção aos teus textos, inclusive só lendo quando separo um momento para eles. Ainda estou longe dessas análises, se é que um dia chegarei ou pretendo chegar à elas. São colocações que deixam aberturas para várias reflexões. Muito bom mesmo.

Gilson

John Bogéa disse...

A própria ideia do vampiro é bem feminina na verdade, digo, qualquer história de vampiro tende a agradar mais o público feminino (isso desde os primeiros filmes, livros e etc). A figura do vampiro é misteriosa, sedutora, poderosa e perigosa, tudo que uma adolescente deseja num cara (sem generalizar por favor, existem excessões) Eles tem a beleza congelada no tempo, atacam suas vítimas com mordidas no pescoço e apesar de aparentemente jovens são muito experientes. Como, sendo uma menina (ou entendendo as meninas), não se apaixonar por eles?

Inclusive, não duvido nada, se for feita uma pesquisa entre as jogadoras de RPG, provavelmente a maioria vai escolher o vampiro como preferido.

--------------

A franquia crepúsculo é sucesso entre as meninas? Lógico, não tem como não ser!
O filme é bom? Definitavamente não. Roteiro fraco, atores fracos, fotografia fraca e etc. Mas os caras são bonitos... argh! (isso deve ser importante, se não fosse, não seria sucesso de bilheteria).

MElhor sistema para se jogar Crepúsculo? Vampiro a máscara (acho até que a autora deve ter se inspirado nos livro de RPG da White Wolf)

Michael Wevanne disse...

otima questao levantada, simulador, parabens.
obvio que eu como purista tenho nauseas com o excesso de frescura da saga crepusculo, mas acho mesmo que obras como esta podem servir como porta de entrada para jogos de RPG.

o RPG dah a possibilidade dos fans interagirem com seus idolos (mesmo que atraves da imaginaçao), seja dando uns safanoes nos caras maus ou xavecando seu interesse amoroso nas series.

harry potter, crepusculo, smallville, o que seja. RPG tem que se manter moderno, atualizado. e quem sabe, nerds remelentos brandindo espadas contra dragoes dando chiliques contra quem usa o RPG de sua melhor forma (para se divertir, oras!) nao seja uma postura muito interessante, nem como ser humano e nem como membro da sociedade.

entao deixo um recado para os elfos que gostam de jogar RPG com vampiros que viram purpurina sob o sol: divirtam-se!

quanto a mim: "nao, obrigado!".

:-D

Gilson disse...

John, boas colocações.

Michael, foi nos primeiros contatos que se manifestou este evento. E colocaste um ponto bastante relevante mesmo: atualização, renovação. Os tempos mudam.

Gilson

Gilson disse...

Ah, e outro ponto bem colocado, e mais importante ainda: diversão.

O objetivo do RPG é, acima de tudo, diversão. Mais isso pode tornar-se uma guerra de ego, conforme abordei aqui no blog RPG Pará:

O saber-poder no RPG e relações humanas

Gilson

Daniel Coimbra disse...

Tema legal e super-atual, miguxos!

: )

John, vampiro também é coisa de "macho" e de quem gosta de se vestir de preto (generalizando e rotulando: quase todo roqueiro e rpgista). Até Anne Rice, que eu saiba, não havia boiolagem na pós-vida.
Quem não gostaria de caçar donzelas desavisadas por aí e "dominá-las" com um simples beijo?
Quem não gostaria de viver para sempre, MacLeod?

Já curti muito vampiro, me vesti de preto, andei na noite, mordi pessoas (hehe, brincadeira, não mordi não), mas curti principalmente por conta dos live actions, espetáculos a parte da era áurea do Belém by Night: Fé, Fuá e Fight!

Muita gente junta se divertindo, muitas amizades, namoricos e cenas hilárias, tudo meio que graças ao sucesso estrondoso de Vampiro.

Quanto a nova geração de vampiros bonitinhos, bom, é o gosto da galerinha, fazer o quê? Assim como rimos de seus cortes de cabelo e miguxidades, eles caçoam de nossos termos arcaicos, mora? e de nossos desenhos preferidos e toscos como Galaxy Rangers, Thundercats e Zone Raiders, entre outros.

: )

Gilson disse...

Como nunca gostei muito da ideia de "ser" um vampiro, não me interessei pelo 'By Night', além de estar estudando e trabalhando nas épocas. Mas fico me perguntando dos jovens que não podiam participar, justamente após detectar essas juventudes jogando "Vampiro: Crespúsculo", além da falta de vagas, pelo que já ouvi.

Gilson

John Bogéa disse...

Daniel, você apontou as caracteristicas que mais atraem as mulheres: Dominação por um beijo+Beleza eterna+Sedução+Misterio. Sem contar que a forma com que o vampiro abate suas presas é extremamente íntima: modidas no pescoço (ponto de exitação). Os vampiros tem um apelo para o público femino desde o Bram Stocker (Veja bem, tem apelo ao público feminino e não que são afeminados). Lógico que qualquer pessoa pode se divertir muito jogando vampiro, tanto homens como mulheres. Na verdade, foi só uma observação quanto ao mito do Vampiro e não a um rpg específico.



:)

Michael Wevanne disse...

vampiro elficos? jah sei! vou perguntar para um certo cassidy! (vide "preacher", de garth)

Gilson disse...

Cassidy é doidera!

Gilson

Postar um comentário