3 de fevereiro de 2010

Perfil do RPGista: Bruno "Scarlet"


Salve povo! Hoje é dia de Perfil do RPGista. Vamos conhecer o RPGista entrevistado e o que ela pensa.

1) Qual o seu nome?

Jonnathan Sena.

2) Você tem algum apelido? Caso sim, qual é?

Quase todo mundo me chama de John, mas também sou conhecido por Scarlet.

3) Qual sua data de nascimento?

30/10/1985.

4) Qual a sua naturalidade?

Pará.

5) Em qual cidade você mora?

Belém.

6) Qual a sua formação educacional e/ou profissional?

Educacional: estudante de arquitetura e profissional: servidor público.

7) Você joga RPG há quanto tempo?

Há cinco anos, por ai!

8) Como você conheceu o RPG?

Conheci através de um primo que jogava com um grupo de amigos, lá em abaetetuba.

9) Qual (is) o(s) seu(s) jogo(s) de RPG favorito(s)?

Me fascino por qualquer estilo ambientado em fantasia medieval, mas também curto super heróis.

10) Qual o tipo de personagem que você mais gosta de interpretar?

Magos, feiticeiros ou clérigos... Encaixo-me pela magia...

11) O que você prefere ser: mestre ou jogador?

Jogador.

12) Você está atualmente participando de alguma campanha? Caso sim, qual é?

Sim. Jogo na mesa de X-men.

13) Você está participando de algum projeto ou trabalho voltado ao RPG?

Nada em específico no momento.

14) Qual sua opinião sobre o cenário do RPG no Pará?

Meio desgastado, sem muita atenção, pelo menos quando falamos do RPG original, aquele que reuni pessoas e preenchesse planilhas e jogam-se dados. Porque sinto que ele está perdendo, aos poucos, espaço para os jogos de internet estilo MMO-RPG.
Com a comodidade que os títulos eletrônicos oferecem. Você não precisa mais esquentar a cabeça em não poder jogar a campanha porque metade da mesa não pode comparecer ao jogo.

15) Você gostaria de deixar algum recado para os RPGistas?

Saiam da frente desse computador pelo menos alguns instantes e valorizem o contato social. RPG também é cultura! Mas não enquanto estamos sendo controlados pela máquina. Nunca deixem que menosprezem o nosso lazer apenas porque não o conhecem. Será que eles sabem o quanto temos que ler e estudar para criar um cenário de campanha? Será que eles sabem o quanto temos que perceber para poder interpretar um personagem diante de várias situações aleatórias? Claro que não. Então se você joga RPG, tem que saber defender o nosso meio de diversão. Porque o RPG é acima de tudo diversão.


----------------------------------------------------------
ATENÇÃO!!!
Estamos procurando por RPGistas Paraenses (residentes ou não no estado) ou RPGistas de outros estados ou nações, residentes ou que já residiram no Estado do Pará, que queiram participar do Perfil do RPGista. Para participar basta enviar um e-mail para rpgpara@hotmail.com respondendo as respostas das 15 perguntas frequentemente usadas nas entrevistas e anexar uma foto do RPGista.

4 comentários:

Roger disse...

Huaaaaaaaaaaaaaaa.....

Adorei essa entrevista com o Jonnathan Sena...Pois ele Joga RPG comigo a 5 anos e pude ver seu amadurecimento no jogo bem como suas Idéias,entusiasmos e comprometimento serio com seus companheiros de Aventuras....tambem concordo 100% com a sua opinião sobre esses jogos on-lines...pow galerinha....vamos ter mais vida social....XoXo... =]

carlos disse...

pow pense num jogador engraçado, conheci o jonnathan na mesa de x men, otimo jogador, bastante criativo na criação de seus personagens, otima pessoa tambem, concordo com o que ele falow o rpg atualmente perdeu espaço para os mmorpgs, por isso mesas como a de x men são tão importantes em belém, pois tentam resgatar o rpg original jogado com papel e dados

Rafael disse...

Bem pessoal eu jogava RPG com este moço ai, até que quando me dei conta não me encontrava jogando mais, um dia quem sabe posso até voltar a jogar. Agora, realmente o RPG está desgastado, não só em nosso estado, mas no Brasil inteiro... muitas outras coisas roubaram a cena do RPG, hoje em dia muitas pessoas estão praticando atividades mais voltadas para a tecnologia, digamos que ela está roubando a audiência do RPG de tabuleiro digamos assim. Especificamente tecnologia quando falo, quero me referir mesmo ao PC. Agora tenho uma sugestão para quem ainda joga. Vocês devem se unir, e usar o PC como uma ferramenta para criar uma sociedade organizada voltada totalmente para o RPG, então aos poucos ele irá crescer novamente..

Natália disse...

Olha sou amiga do Jhon a um tempo e tenho o privilégio de ser companheira de mesa dele em X-Men.
Ele tem razão,eu jogo rpg online,mas não deixo o de mesa de lado.prova disso é que estou a quase oito anos na mesa de X-Men
Meus domingos de super heroina são SAGRADOS!!
Amei a entrevista Jhon.

Postar um comentário