10 de fevereiro de 2010

O que vocês estão jogando? Grupo: Cavaleiros Negros


Salve povo! Hoje é dia de "O que vocês estão jogando?".

Através de 5 perguntas bem simples, o grupo entrevistado irá nos responder a pergunta:

O QUE VOCÊS ESTÃO JOGANDO?


1) Quem é o mestre e quem são os jogadores? Quais suas idades?
  • Yuri “Seth” [Mestre]: 23 anos;
  • Júnior “Curió”: 22 anos;
  • Clidenor “Kiki”: 21 anos;
  • Leonardo “Brutal”: 26 anos;
  • Diego “Ancião”: 23 anos.
2) Onde vocês estão jogando?
Jogamos em minha casa nos finais de tarde de sábado (embora as duas ultimas aventuras tenham rolado no domingo). As sessões de jogo rolam no meu quarto ou no pátio do segundo andar (local muito mais arejado).

3) Qual jogo vocês estão jogando?
Completamos recentemente 11 anos de campanha em Forgotten Realms (não teve bolinho para comemorar). Nos últimos 10 anos a campanha acontecia entre o eixo Terra dos Vales/Costa da Espada, no entanto, quando o grupo decidiu adotar o Pathfinder como sistema da mesa eu resolvi mudar de ares. Atualmente estamos jogando entre o Thay (reino dos Magos Vermelhos) e Rashemen (lar das Bruxas de Rashemen).
4) Quais são os personagens dos jogadores?
  • Yuri: Todos, menos os personagens dos jogadores hehehehe (péssima ¬¬”);
  • Júnior: Aaron Glannath Kulenov, Humano de Impiltur – Mago Tel Teukiira;
  • Clidenor: Massayuki Shinju, Humana de Thay – Feiticeira/Monja;
  • Leonardo: Ralmevik Von´Kad, Humano de Thay – Mago Vermelho [Especialista em advinhação];
  • Diego: Alexandre Marfinn, Humano de Rashemen – Bárbaro Tigre da Neve.

5) Onde se passa a aventura?
Os Magos Vermelhos de Thay aparentemente voltaram mais uma vez seus olhos para o norte (Rashemen). A terra dos furiosos rashemi foi alvo da queda de um misterioso objeto brilhante em 29 de Ches de 1378CV, magias de advinhação alertaram aos Magos que esse tal objeto é uma poderosa fonte de energia arcana, e consequentemente, uma valiosa ferramenta para os seus propósitos malignos. É uma questão de tempo para que uma guerra ecloda entre o norte e o sul.
-Ralmevik Von´Kad: Ralmevik é um aspirante a Mago Vermelho que descobre que a morte de seu mestre era apenas uma parte do quadro que ilustraria um engenhoso plano de pessoas que desejariam que algumas informações não viessem a público. Sabendo que ele seria o próximo, Ralmevik decide fugir para o único lugar que seus perseguidores não o achariam, a região hostil de Rashemen.
- Aaron Kulenov é um agente Tel Tekiira (Estrela Lunar) que recebeu a missão de investigar as sinistras atuações dos Zhentarim dentro do território rashemi. Porém, no meio de sua missão, Aaron vê seu parceiro ser assassinado pelos agentes da Rede Negra. Sozinho em terras desconhecidas, Aaron encontra um estranho grupo de aventureiros que buscam uma forma de impedir a guerra entre Thay e Rashemen. Agora, é dever desse jovem agente participar dessa jornada em busca de paz.
- Massayuki Shinju: Residente de Surthay (Thay), essa misteriosa monja de poderes arcanos recebeu a missão de penetrar nas fronteiras rashemi e impedir a todo custo que as nações vizinhas entrem em guerra novamente. A única informação que ela possui é que a fonte de poder que riscou o céu de Rashemen não pode cair nas mãos dos Magos Vermelhos.
- Alexandre Marfinn: Jovem bárbaro da casa dos Tigres da Neve, Alexandre recebeu a missão de resgatar um Vremyonni (Conjurador Rashemi) das garras de agentes Zhentarim (que desejavam os segredos do velho mago. Porém, transtornado por ter matado o velho Vremyonni (Não me pergunte, foi burrice do jogador ¬¬”), Alexandre tornou-se um renegado jurado de morte por toda nação Rashemi. Vendo uma oportunidade de limpar sua honra, o jovem bárbaro resolve se tornar um integrante de um grupo de aventureiros que buscam impedir uma guerra brutal contra seus inimigos do sul.
Na ultima aventura, o grupo conseguiu (com muita sorte de não serem mortos) uma audiência com o Lorde de Ferro de Rashemen, porém, a reunião foi interrompida por um ataca massacrante vindo dos Magos Vermelho, que usaram uma combinação de Elementais do Fogo e um jovem Dragão das Presas. No final da aventura, Ralmevik vou capturado por seus perseguidores e levado de volta a Thay (tá ferrado), Aaron e Massayuki foram resgatados por um misterioso homem e levados para o extremo norte de Rashemen (evitado até mesmo pelos próprios bárbaros) e Alexandre recebe a importante missão e achar Roam “Machado Negro”; o grande herói de guerra que será valioso no conflito que se aproxima.
------------------------------------------------------
ATENÇÃO!!!
Estamos procurando por grupos de RPGistas Paraenses (residentes ou não no estado) ou grupos de outros estados ou nações, residentes no Estado do Pará, que estejam em atividade e queiram participar do quadro "O que vocês estão jogando?". Para participar basta enviar um e-mail para rpgpara@hotmail.com com as respostas das 5 perguntas frequentemente usadas nas entrevistas e anexar uma foto do grupo.

8 comentários:

Gilson disse...

Bacana e bem detalhado!

Que bom que vocês têm espaço para jogar em casa. Já ouvi a insanidade de que "toda mesa de RPG deve jogar em áreas públicas". Um detalhe: a única área pública razoavelmente boa para jogar em RPG em Belém tem chão duro, não há mesas nem cadeiras, ficamos em baixo de sol e de chuva e com passarinhos defecando em nossas cabeças e galhos caindo em cima de todos. E tem gente que acha o máximo. Deixa eu voltar para o Mundo Real.

Gilson

Franciolli Araújo disse...

Bem bacana o artigo!

É sempre legal saber onde e como o pessoal de outros locais jogam.

Michael Wevanne disse...

soh bruto de nivel 30... tomam cha com elminster, jogam bolinha de gude com o olho de vecna (e coçam a bunda com o outro artefato tambem, hehe)

Raphael Oliveira disse...

Acho muito legal quando o grupo se separa pra fazer umas "side-quests", me lembrou até FF6 onde o grupo se separa em 3 sub-grupos num acidente de balsa e acabam se reencontrado futuramente.

Jonnathan disse...

Que legal! Outra mesa bem duradoura como a de X-men! Legal ver que pessoas ainda se reunem para se divertir...
Sucesso pra vcs

Michael Wevanne disse...

ah... eu nunca tirei foto atras do escudo! eu queh, eu queh! :-P

Seth disse...

Valeu Jonnathan!

Ei Mike, eu deixo você tirar fotos com o Escudo, vai ser igual a tirar fotos com aqueles cavalinhos que tem lá no Bosque.

Michael Wevanne disse...

hahaha! mas tu nem faz inveja! eu tenho o meu e vou tirar uma fotinha tambem quando for escrever sobre o meu grupo para o ragabash!

lero, lero, lero! (hm... piorei o "quem nem tirar fotos com os cavalinhos no bosque"! hehehe!)

Postar um comentário